Muito mais que sites.
Máquinas de vender.

Orlando estava desanimado. Era a terceira vez que refazia seu site sem ver nenhum resultado nas vendas.

Como entendia muito pouco de tecnologia ele sentia uma dificuldade enorme para avaliar as propostas e escolher o fornecedor.

Estava com a impressão que tinha trocado seis por meia dúzia, de novo.

O pior de tudo era que o mercado havia mudado. Além da concorrência usual ele agora brigava com sites que ofereciam os mesmos serviços por um preço muito menor.

Ele sabia que desistir de investir em marketing poderia ser pior. Mas não sabia o que fazer.

Estava prestes a desistir quando encontrou comigo.

Eu expliquei pra ele que o maior problema de quem faz sites é que eles não tem resposta para perguntas cruciais para o sucesso comercial:

  1. como atrair visitantes para o site?
  2. como gerar oportunidades de venda (leads/cadastros)?
  3. como transformar esses leads em clientes?

Contei que havia parado de fazer sites para construir Máquinas de Venda, resolvendo toda parte técnica complicada para que ele se concentrasse no que importava: vender.

Agora o Orlando aparece na internet, gera cadastros pelo site e pelas redes sociais, envia email marketing e gerencia sua máquina de vendas de um jeito fácil e eficiente.

E você acha que saiu muito caro? Não saiu. Eu cobro um preço muito acessível pelo que entrego.

Tem um porém. Como a minha agenda é cheia e o meu envolvimento nos projetos  é muito grande eu só construo 2 máquinas de venda por mês.

Assista ao vídeo. Preencha o formulário. Venda mais.